Please reload

Posts Recentes

Saiba como se prevenir do coronavírus com as informações do ministério da saúde

March 30, 2020

1/9
Please reload

Posts Em Destaque

As opções mais promissoras de vacinas para COVID-19

     No dia 02 de junho trouxemos resumidamente em um post como é o processo de desenvolvimento de um novo fármaco e qual a perspectiva de acesso do nosso país a uma suposta vacina da COVID-19. Após 2 semanas já se fala sobre opções em fases mais avançadas nos testes, portanto é o que abordaremos neste post.

 

     O Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos da Fundação Oswaldo Cruz (Bio-Manguinhos/Fiocruz), localizada em Ribeirão Preto/SP, em parceria com a Universidade de São Paulo (USP) trabalha no desenvolvimento de duas vacinas, uma sintética que está em fase Pré-clínica (testes in vivo), mas que só deve chegar ao mercado após 2022, e outra, que tem uma abordagem diferente, mas ainda está em fase preliminar de estudo e deve demorar mais para ser disponibilizada.

 

     A farmacêutica norte-americana Pfizer em parceria com a empresa alemã de biotecnologia BioNTech, possui 4 opções de vacinas em estudo, todas em fase Clínica (teste em humanos). Mikael Dolsten, o presidente mundial de pesquisa, desenvolvimento e medicina da Pfizer afirma que se tudo ocorrer bem em outubro de 2020 já poderá disponibilizar a vacina para milhares de pessoas e para milhões até 2021, conforme entrevista realizada pela revista Veja.

 

     A universidade britânica de Oxford também já possui um protótipo em fase Clínica e tem pacientes brasileiros como voluntários, sendo uma parceria com a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), a Rede D'Or São Luiz e o Instituto D'Or (Idor) no Rio de Janeiro. Por último, o governo do estado de São Paulo anunciou a produção de uma vacina através da parceria entre a empresa chinesa Sinovac e o Instituto Butantan, que também contará com voluntários brasileiros.

 

 

Para acessar nosso post sobre acessibilidade do Brasil à vacina clique aqui.

Para saber mais sobre as duas vacinas da Fiocruz clique aqui.

Para ver a entrevista de Mikael Dolsten (Pfizer) à revista Veja clique aqui.

Para ler sobre as vacinas de Oxford e Sinovac clique aqui.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags